domingo, 19 de agosto de 2007

CONTRASTE

Fotinho de umas 2 semanas atrás....girls having fun at the Grill

Lembra quando você me dizia que tudo iria ficar bem?

Odeio frases feitas,mas algumas frases são perfeitas.

Odeio tanta coisa,mas sem antagonismos a vida não teria a menor graça.

Já me perguntaram o que seria do azul se todos gostassem de amarelo.

Já me perguntaram tanta coisa que não soube responder

Já dei tantos conselhos que eu não seguiria

Já disse coisas que não sentia

E como poderíamos mesmo viver intensamente um momento de alegria

Sem ter experimentado sofrimento, tristeza,grande agonia?

Será que conseguimos dar valor ao que realmente importa?

O que realmente importa?Você saberia reconhecer um momento sublime se não tivesse antes sentido o gosto amargo de uma decepção?

Qual a balança que devemos usar para medir o peso dos nossos problemas?

Seus problemas são tão insignificantes quanto os meus.Só sabe o peso de um problema que também já sofreu e ninguém nunca sofre como eu.

Sofro e aprendo.Caio e torno a me levantar

E na verdade,nossos problemas tem a exata medida que resolvemos que eles tenham.

Nossos sonhos se realizam na mesma proporção,por isso é importante que se tenha cuidado com o que deseja.

Você consegue lidar com as conseqüências de suas escolhas?

Existem escolhas erradas?Não acredito.

Você escolheu o que achou certo num dado momento e se arrepender não vai mudar o que está feito.

Não podemos voltar atrás,mas podemos aprender a andar melhor com cada erro.

Me canso quando as pessoas procuram problemas onde eles não existem e mais ainda quando querem solução para estes problemas.

Se não fossem os problemas,como poderíamos aprender alguma coisa?

Se não fossem pelas pedras no caminho,como saberíamos que podemos levantar após cada tombo?

Nenhum buraco é tão fundo que você não consiga fazer o caminho de volta e mesmo que demore,mesmo que ninguém esteja lá para te ajudar a subir,um dia você consegue e quando chegar à superfície novamente,poderá se orgulhar da sua caminhada.

E quem sabe no caminho você não aprenda mais alguma coisa,quem sabe não encontre mais um amigo?

Se não houvessem todos os contrastes em nossas vidas,não saberíamos dar o devido valor às pequenas coisas que temos.

Depois de uma semana de chuva,um dia de sol parece ainda mais ensolarado.

Se você não consegue pensar assim,talvez não tenha atingido o fundo ainda e se atingiu,muito provavelmente ainda não conseguiu voltar....se estiver lá no fundo,você tem duas escolhas: se entregar ou começar a voltar.

Pode ter certeza que se eu amo você,vou estar sempre com a mão estendida para te puxar de volta,mas você tem que esticar as sua também,você tem que querer voltar.

3 comentários:

Amanda mana disse...

Eu te amo tanto que se vc estivess num buraco eu não estenderia a minha mão e nem jogaria uma corda, eu entraria nesse buraco pra me fazer de escada pra vc....

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado

Carla Ziemkiewicz disse...

Lindo, Dani, sob medida...
beijos =)