segunda-feira, 2 de julho de 2007

E SE??????


Ouvi dizer que a nossa vida se repete ou se renova num ciclo constante de 7 anos.Não sei se acredito em verdades absolutas,nem se as coisas acontecem assim,mas já percebi que o ciclo é fato e que a repetição é constante.

Nesses dias o “SE” tem rondado minha vida....bom,não só a minha.Complicado parar pra dar atenção ao “SE”.Acho que é um tempo que não se conjuga,ou seja,não existe.Existe naquele universo paralelo que você sempre acha que seria mais feliz,mas que você não tem ascesso.É aquela sensação de chegar na porta da festa,ver todo mundo entrando e se divertindo e você nem foi convidado.Daí você pensa se seria uma boa idéia entrar de bicão ,esperando não ser notado....mas e “SE”?????Esse “SE” estraga tudo.Não dá pra gente apertar o “pause” da nossa vida,ir até ali experimentar o que der na telha e voltar onde paramos....ah,porque se desse,eu seria a primeira a experimentar!

Não porque não esteja satisfeita,porque estou,muito,não trocaria nada e não faria nada diferente!!!!Mas a curiosidade é inerente à minha pessoa,não tem jeito.Claro que não vamos sair por ai roubando os carros dos outros só porque temos curiosidade de saber como é,mas se te oferecerem uma volta no volante,você não aceitaria?????

E também não falo por metáforas sem motivo: a metáfora é o jeito mais fácil de fazer alguém entender o que você quer dizer,sem ter que dizer exatamente o que você quer dizer,entendeu????rrrsssssssssss....mesmo que a conversa seja interna....e agora eu sei que tenho pelo menos uns 5 leitores fiéis,logo,mais gente pra tentar entender o que se passa nessa cabecinha!!!rrrsssss

O que importa,é que o ser humano é um serzinho chato.Nunca está satisfeito,nunca.Às vezes acho que a insatisfação é um mecanismo criado pelo cérebro pra fazer com que sempre estejamos procurando alguma coisa,para que tenhamos sempre um objetivo em vista,do contrário a vida perderia o sentido.A minha perde o sentido de tempos e tempos e o Nê sempre ajuda a achar.Eu me perco de tempos em tempos,mas depois dou um jeito de voltar.Penso em me perder por um tempão,mas eu tenho muito medo de não achar o caminho de volta ou se quando achar,não tenha mais ninguém me esperando....

ODEIO O “SE”!!!!!!!!!!!!!!!!!!Vamos aboli-lo de nossas vidas!!!!Estou fundando o movimento anti-SE.... e que todas as pessoas que pensarem em me oferecer carona não passem pela minha rua ,errem o caminho e me errem também!

3 comentários:

Jen disse...

É difícil banir o SE... Acredito até que seja impossível, pois o SE sempre é o culpado das coisas que não temos coragem de tentar e de fazer... O SE sempre vai estar presente e querendo ou não nos faz pôr a cabeça no lugar... Se não existisse o SE, seriamos loucas desmioladas nos jogando na frente dos carros pra saber o que acontece... O SE salva a vida, SEmpre!!!

Dani Marino disse...

Hehe...nunca tinha pensado por esse lado!

Léo Ribeiro disse...

Acredito que o “SE” é o freio de um ser humano curioso.
Eu sou o “SE” em pessoa, deixo de fazer muitas coisas para não me machucar, ou machucar outras pessoas.
A curiosidade é uma mania prejudicial. Os seres curiosos não medem esforços para sanar essa curiosidade. E quando nós, os curiosos, pensamos no “SE vai dar certo, SE vai dar errado, SE vai ser bom ou SE vai ser ruim”, paramos e raciocinamos...
Hufffaaa... Ainda bem que existe o SE.... SE nãoooo.... Eu já tava ferrado...